; Adriane Galisteu | Arquivo SBT
Tecnologia do Blogger.

Looped Slider

.

Adriane Galisteu


Adriane iniciou a sua carreira de modelo aos nove anos, fazendo um anúncio da rede de restaurantes McDonald's. Quando adolescente, em 1987, participou no conjunto Meia Soquete, um grupo no mesmo estilo de As Melindrosas ou A Patotinha. Ficou famosa através do seu relacionamento com o piloto brasileiro de Fórmula 1 Ayrton Senna, morto em trágico acidente em 1 de maio de 1994.

Foi o seu relacionamento com o piloto que lhe propiciou acesso aos mídia e a chance de impulsionar uma carreira televisiva.

Nos funerais de Senna, Adriane passou por uma situação de constrangimento, ao ser impedida de acompanhar o velório junto da família e amigos mais íntimos do piloto, entre os quais se encontrava uma ex-namorada, a apresentadora Xuxa Meneghel. Para se despedir de Senna, Adriane teve que entrar, como qualquer anónimo, na fila dos fãs.

Posou para a edição brasileira da revista Playboy de Agosto de 1995 e, desde então, tem seguido carreira na televisão, ganhando espaço como apresentadora.

Já teve vários programas em diversas emissoras, como TV Gazeta, MTV, RedeTV!, Rede Record e atualmente no SBT, onde apresentava o programa Charme.

Em 1995 lançou o livro O Caminho das Borboletas, onde narra o período de seu relacionamento com Ayrton Senna.

Adriane Galisteu desenvove também uma carreira como atriz, tendo estreado na novela Xica da Silva, da Rede Manchete, em 1996. Todavia, embora sua atuação na novela tenha atraído o público, isso deu-se basicamente pelas cenas de nudez gratuita que o diretor Walter Avancini frequentemente incluía, normalmente através de banhos no rio. Quando a novela foi reprisada, anos mais tarde, Galisteu declarou que não a assistia, pois tinha horror à novela, embora reconhecesse que ela foi importante para torná-la famosa.

Em 1998, casou-se com o publicitário Roberto Justus. A união foi objeto de destaque na imprensa, mas acabou oito meses depois.

Estreou no teatro em 1999, com a peça Deus lhe pague, sob a direção de Bibi Ferreira. Em seguida, participou de Dia das mães. Em 2005, estreou como atriz de cinema em Coisa de mulher.

Em 2003 foi contratada pelo SBT mas sua imagem não tem aparecido com muita freqüência nas telinhas, pois ela e o dono da rede de televisão, Sílvio Santos, não se entendem quanto ao formato do seu programa.

Essas brigas geraram um mal-estar entre as duas partes, que se reflete na parte profissional. Méritos Galisteu merece, pois foi a única que teve coragem de desafiar "o patrão". Em 2009 a apresentadora resolveu não renovar contrato com o SBT, partindo para Band onde comanda o "Toda Sexta".

Televisão

* Ponto G (Rede CNT) (1995)
* Xica da Silva (1997) como Clara Caldeira
* Quiz MTV (MTV) (1998)
* Superpop {RedeTV!} (1999)
* É Show (Rede Record) (2000)
* Programa Charme (SBT) (2004)
* Tirando Onda (Multishow)
* Irritando Fernanda Young (Gnt)
* Antonio Alves - Taxista (novela)

Teatro

* Deus lhe Pague
* Dia das Mães
* O Rim
* Nunca se Sábado
* Às Favas com os Escrúpulos

Cinema

* Coisa de Mulher
* Se Eu Fosse Você 2

Adriane Galisteu no Chacrinha

Compartilhe no Google Plus
    Comentários do Blog
    Comentários do Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Devido à abusos,os comentários passaram a ser moderados.

Estamos abertos a receber críticas e sugestões
Não aceitamos comentários:

- Anônimos
- com Caps Lock
- Contedo qualquer espécie de abuso.
- Com palavras de baixo calão.
- Com ofensas a nosso staff ou a outro internauta.
- E Qualquer tipo de propaganda ou divulgação de blogs, sites, canais do Youtube, fanpages e etc.