Aqui Agora

20 junho 2009

Primeira Versão

Estreou em 1991, nos fins de tarde, baseado no programa homônimo exibido pela TV Tupi em 1979 com o slogan "um jornal vibrante, uma arma do povo, que mostra na TV a vida como ela é!". Foi pioneiro no Brasil no uso do Gerador de Caracteres ao exibir manchetes bastante escandalosas sobrepostas às imagens. Seu grande foco era em reportagens policiais especialmente sobre assassinatos e crimes escandalosos. Também exibia fofocas do meio artístico e um quadro de defesa do consumidor. Alcançou altos índices de audiência e chegou a ameaçar a Rede Globo no horário.

Em 1993, passou a contar com Felisberto Duarte, o Feliz, que apresentava a previsão do tempo com bom humor e bordões como "piriri, pororó e tempos felizes!", fazendo sucesso com crianças em meio ao jornalismo sério voltado para adultos. A ousadia do jornal era tanta que chegou a ter Maguila, o lutador de boxe, como comentarista de economia.

Celso Russomano, político paulistano, elegeu-se deputado federal graças à popularidade alcançada como repórter de defesa do consumidor. Suas reportagens mostravam as queixas de consumidores mal atendidos, que eram colocados frente a frente com fornecedores de serviços e produtos. A conversa muitas veze

s descambava para brigas físicas. Russomano fazia papel de advogado em busca de acordo. Quando conseguia, encerrava sempre com a mesma frase: "estando bom para ambas as partes, Celso Russomano, Aqui Agora".

Na 1ª versão, teve vários apresentadores que se revezavam na leitura das notícias. Entre eles Ivo Morganti, Patrícia Godoy, Sérgio Ewerton, Christina Rocha, Sônia Abrão, Jorge Helal, Luiz Lopes Corrêa, Sílvia Garcia (hoje apresentadora do Auto Esporte na Globo e esposa de Sérgio Ewerton) e Liliane Ventura.

A equipe de jornalistas contava com Gil Gomes, Wagner Montes, Jacinto Figueira Júnior, conhecido como "o Homem do Sapato Branco", e César Tralli, que hoje é um dos principais nomes do Jornal Nacional da Rede Globo.

Eventos que marcaram o Jornal

De 1991 a 1997, o Aqui Agora cobriu vários eventos. Os mais destacados foram:

  • Olimpíadas de Barcelona em 1992.
  • Impeachment do presidente Fernando Collor de Melo também em 1992.
  • Eliminatórias da Copa do Mundo de 1994 em 1993.
  • O acidente e a morte de Ayrton Senna em 1994.
  • A Copa do Mundo de 1994.
  • A Copa do Brasil de 1995.
  • As Olimpíadas de Atlanta em 1996.
  • A 1996 e a 1997.

Escandalizou o país ao exibir imagens do suicídio de uma moça que se jogou do alto de um prédio em São Paulo

Fim do programa e "ecos"

Com o passar do tempo, a audiência foi caindo e o Aqui Agora saiu do ar em 1997. Mas deixou "ecos" espalhados por outras emissoras, como os programas Cidade Alerta, da Rede Record, Brasil Urgente, da Band, Repórter Cidadão, da RedeTV! e 190 Urgente da Rede CNT.

Embora o programa nacional já tenha sido extinto, emissoras afiliadas do SBT fazem versões locais do Aqui Agora:

  • TV Naipi (Foz do Iguaçu - PR) - Naipi Aqui Agora
  • TV Iguaçu (Curitiba - PR) - Aqui Agora

(Com a venda das TVs do Grupo Paulo Pimentel e a formação da Rede Massa de Comunicação, esses programas foram extintos e deram lugar ao "Tribuna da Massa").

  • TV Difusora (São Luís - MA) - Maranhão Aqui Agora

Segunda Versão

No dia 26 de fevereiro de 2008, o SBT anunciou oficialmente a volta do programa, com os apresentadores Luiz Bacci, Herberth de Souza, Christina Rocha e Joyce Ribeiro. Herberth de Souza foi demitido alguns dias depois, por ter dado um soco num dos produtores do telejornal, durante um intervalo.

O Aqui Agora reestreou em 3 de março de 2008, mas, desde o primeiro dia, deu baixa audiência (5,3 pontos em São Paulo). O dono do SBT, Sílvio Santos, determinou que o telejornal deveria atingir mais de 10 pontos no Ibope ou sairia do ar novamente.

Na tentativa de aumentar o Ibope, os apresentadores Luiz Bacci e Joyce Ribeiro foram substituídos por Analice Nicolau e César Filho. Analice não chegou a completar uma semana de trabalho, pois teve de se afastar em função de uma conjuntivite.

Em 11 de Abril de 2008, sem aviso prévio aos telespectadores e apenas divulgando à imprensa, o SBT retirou o Aqui Agora da grade de programação, por causa da audiência insuficiente. A ameaça de Sílvio Santos foi cumprida.





Bookmark and Share

0 comentários:

Postar um comentário

Devido à abusos,os comentários passaram a ser moderados.

Estamos abertos a receber críticas e sugestões
Não aceitamos comentários:

- Anônimos
- com Caps Lock
- Contedo qualquer espécie de abuso.
- Com palavras de baixo calão.
- Com ofensas a nosso staff ou a outro internauta.
- E Qualquer tipo de propaganda ou divulgação de blogs, sites ou comunidades do Orkut!


Comentários anônimos,mesmo que, acompanhado do nome do autor NÃO serão aceitos.Muito menos verificados a respeito das devidas denúncias que possam conter no corpo do comentário.


Nosso e-mail também está disponível para consultas: contato@arquivosbt.com

Grato!Arquivo SBT

 
Arquivo SBTO blog do sbt | by TNB ©2010
slide by Soh Tanaka